Cobertura cutânea para a mão

por | 25/03/2021 | Microcirurgia Reconstrutiva

A pele é o maior órgão do corpo. Tem diversas funções, dentre elas: membrana semipermeável, proteção (mecânica e térmica), homeostasia (temperatura) e sensibilidade.

Cobertura cutânea na mão - figura 1A

Introdução

A pele possui características diferentes nas diversas partes do corpo. Na mão, a pele palmar é mais espessa, com uma camada grande de queratina (menor apenas que a da planta do pé), sem glândulas sebáceas, sem pelos e sem melanina, contudo, possui grande quantidade de glândulas sudoríparas, corpúsculos e terminações nervosas finas para uma sensibilidade acurada. Já a pele dorsal é mais fina, com pelos e glândulas sebáceas. A sensibilidade é menos acurada, contudo a pele é bastante elástica e permite a flexão completa dos dedos.

Devemos lembrar que é essa a cobertura de uma estrutura complexa de ossos, ligamentos, tendões, vasos e nervos que fazem das mãos únicas, para suas funções nas atividades de vida diária, trabalho e artes. Portanto, a atenção que devemos prestar às lesões de partes moles do punho e das mãos é tão ou mais importante quanto a atenção ao tratamento das fraturas, lesões ligamentares, tendíneas e nervosas, uma vez que sem a cobertura adequada, o reparo das demais estruturas não levam a resultados esperados de função.

Incisões de pele

Cobertura cutânea na mão - figura 1BA região dorsal da mão demanda poucos cuidados na sutura de ferimentos e planejamento das incisões de pele, com menor incidência de retrações cicatriciais limitantes do que na superfície volar, dado que a força flexora é muito maior que a extensora, podemos realizar incisões retilíneas ou arqueadas no dorso da mão. Já na palma, devemos planejar as nossas incisões e desenhá-las antes de as fazermos. Elas não devem ser retilíneas e horizontais. Podem acompanhar as pregas da mão ou serem paralelas a elas. Quando houver necessidade de cruzá-las, isso deve acontecer em suas “bordas” e a incisão entre duas pregas deve ser oblíqua (incisões de Brunner).

Retrações cicatriciais palmares podem ser tratadas com zetaplastias. O planejamento das incisões é o que determina o sucesso desse procedimento. Deve-se realizar dois triângulos em que a base é a cicatriz. Os demais lados do triângulo devem ter o mesmo comprimento da base.

Cobertura cutânea

Cobertura cutânea na mão - figura 2Quando estivermos frente a uma ferida na mão, provocada por evento traumático ou por ressecção de tumor ou cicatriz, devemos seguir uma linha de raciocínio. Ao avaliarmos a perda de cobertura devemos pensar, do mais simples ao mais complexo, qual técnica nos trará o melhor resultado e com qual ou quais estamos habituados. Os melhores resultados ocorrem quando proporcionamos tecidos viáveis precocemente, para a reabilitação. A sequência a seguir nos guia de forma lógica:

1- Fechamento direto/ Sutura
2- Cicatrização por segunda intenção
3- Enxerto de pele
4- Retalhos locais
5- Retalhos pediculares regionais
6- Retalho livre
7- Retalhos livres complexos (quiméricos)

Cobertura cutânea na mão - figura 3A sutura primária deve acontecer de forma a se preocupar com as linhas de força da mão e possíveis retrações cicatriciais. A cicatrização por segunda intenção é demorada e pode deixar um tecido fibroso endurecido e com estética ruim. Neste caso devemos observar a capacidade de cicatrização local e sistêmicas e presença de espículas ósseas.

Veja as matérias:

Enxertos de pele

Retalhos à distância para a mão

Retalhos locais e regionais para a mão

Dr. Diego Figueira Falcochio

Ortopedista especialista em mão e microcirurgia

CRM 122.897 TEOT 11.487

Leia também

Artroscopia nas fraturas do punho

Artroscopia nas fraturas do punho

A artroscopia do punho está cada vez mais consolidada para tratar cistos sinoviais volares e dorsais do punho, lesões do complexo da fibrocartilagem triangular (CFCT), lesões do ligamento escafolunar, auxiliar no tratamento da Doença de Kienböck (necrose avascular do osso semilunar) e auxiliar e nas artrodeses parciais do carpo.

ler mais

Pin It on Pinterest