Exercícios de Reabilitação para Recuperação da Cirurgia de Síndrome do Túnel do Carpo

A Síndrome do Túnel do Carpo é uma condição que afeta o nervo mediano, causando dor, dormência e fraqueza na mão. A cirurgia e a reabilitação desempenham um papel crucial na recuperação, restaurando a função e melhorando a qualidade de vida do paciente.

No conteúdo de hoje você vai conhecer mais sobre esse tratamento e os seus exercícios de reabilitação. Tenha uma boa leitura!

O que é a Síndrome do Túnel do Carpo e como funciona a cirurgia?

A Síndrome do Túnel do Carpo é uma condição médica que afeta o nervo mediano, que passa pelo punho até a mão. O túnel do carpo é uma passagem estreita formada pelos ossos do punho e um ligamento na parte superior chamado de ligamento carpal transverso. Quando ocorre compressão ou pressão excessiva sobre o nervo mediano dentro dessa passagem, pode resultar nessa condição.

Os sintomas mais comuns da Síndrome do Túnel do Carpo incluem dor, formigamento, dormência e fraqueza na mão afetada, especialmente nos dedos polegar, indicador, médio e anelar. Esses sintomas podem se estender pelo antebraço e braço. Geralmente, os sintomas são mais pronunciados durante a noite e podem afetar a qualidade do sono. 

À medida que a condição progride, os sintomas podem se tornar mais persistentes e afetar as atividades diárias, como segurar objetos pequenos ou realizar movimentos finos com as mãos.

O tratamento inicial para a Síndrome do Túnel do Carpo geralmente envolve medidas não cirúrgicas, como o uso de splints (talas) para imobilizar o punho, fisioterapia, medicamentos para aliviar a dor e reduzir a inflamação, e mudanças nas atividades diárias para evitar movimentos repetitivos que possam agravar a condição. No entanto, em casos mais graves ou quando o tratamento conservador não é eficaz, pode ser recomendada a cirurgia.

A cirurgia para a Síndrome do Túnel do Carpo é conhecida como liberação do túnel do carpo ou carpal tunnel release em inglês. Existem duas abordagens principais:

  • Técnica aberta: Na técnica aberta, o cirurgião faz uma incisão na palma da mão e acessa o túnel do carpo, cortando o ligamento carpal transverso para aliviar a pressão sobre o nervo mediano; 
  •  Técnica endoscópica: na técnica endoscópica, são feitas duas ou três incisões menores e um instrumento óptico chamado endoscópio é inserido para guiar o corte do ligamento. 

A técnica endoscópica pode ter uma recuperação mais rápida e menos cicatrizes visíveis.

Síndrome do Túnel do Carpo
Síndrome do Túnel do Carpo

Como é a recuperação da cirurgia da Síndrome do Túnel do Carpo?

Após a cirurgia de Síndrome do Túnel do Carpo, a recuperação pode variar de pessoa para pessoa, mas geralmente envolve algumas etapas e cuidados para garantir uma recuperação adequada. Aqui estão algumas informações gerais sobre esse processo:

  • Imobilização inicial: Logo após a cirurgia, o médico pode recomendar o uso de uma tala ou uma bandagem para imobilizar o punho. Isso ajuda a proteger a área operada e a evitar movimentos que possam prejudicar a cicatrização;
  • Repouso e cuidados com a ferida: Durante os primeiros dias ou semanas, é importante descansar o máximo possível e evitar atividades que exijam o uso excessivo da mão operada. É fundamental seguir as orientações médicas em relação aos cuidados com a ferida, como manter a área limpa e seca, e trocar os curativos conforme necessário;
  • Controle da dor: É comum sentir algum desconforto ou dor após a cirurgia. O médico pode prescrever analgésicos ou anti-inflamatórios para aliviar a dor e reduzir a inflamação. É importante seguir corretamente as instruções de dosagem e informar o médico sobre qualquer desconforto persistente;
  • Fisioterapia e reabilitação: Após um período de repouso inicial, o médico pode encaminhar o paciente para sessões de fisioterapia. A fisioterapia desempenha um papel importante na recuperação, ajudando a restaurar a força, a mobilidade e a função da mão e do punho;
  • Retorno gradual às atividades normais: Conforme a recuperação progride, o paciente pode começar a retomar gradualmente as atividades diárias. É importante seguir as orientações médicas em relação aos movimentos permitidos e evitar sobrecarregar a mão operada. O médico irá orientar sobre quando é seguro retornar ao trabalho e outras atividades mais intensas.

Como funcionam os exercícios de reabilitação após a cirurgia da Síndrome do Túnel do Carpo?

A reabilitação após a cirurgia de Síndrome do Túnel do Carpo desempenha um papel importante na recuperação e na restauração da força, mobilidade e função da mão e do punho. 

Os exercícios específicos podem variar dependendo das necessidades individuais do paciente e das orientações do médico ou fisioterapeuta. No entanto, aqui estão alguns exemplos gerais:

  • Alongamento dos dedos:  o paciente estende os dedos completamente e, em seguida, dobra-os lentamente, trazendo as pontas em direção à palma da mão;
  • Flexão e extensão do punho: Com a mão apoiada em uma mesa ou superfície plana, o paciente dobra o punho para cima, mantendo os dedos estendidos. Em seguida, dobra o punho para baixo;
  • Rotação do punho: Com o braço apoiado em uma superfície, o paciente mantem o cotovelo dobrado em um ângulo de 90 graus. Ele deve girar lentamente o punho para a direita e para a esquerda, alternando os movimentos;
  • Exercícios de resistência: O paciente deve apertar uma bola de borracha macia ou uma bola de estresse. Ele deve segurar a pressão por alguns segundos e depois relaxar;
  • Movimentos de pinça: O paciente deve utilizar uma pequena mola ou um clipe de papel para praticar movimentos de pinça com os dedos. Isso ajuda a fortalecer os músculos dos dedos e a melhorar a coordenação. 

É importante lembrar que a realização correta dos exercícios é essencial para evitar lesões e maximizar os benefícios da reabilitação. Portanto, é indispensável procurar a orientação de um fisioterapeuta ou profissional de saúde especializado, que possa fornecer instruções específicas e adaptar os exercícios às necessidades individuais.

Além disso, a reabilitação não se limita apenas aos exercícios. Outras modalidades de tratamento, como terapia manual, uso de calor ou gelo, e técnicas de estimulação elétrica, também podem ser incorporadas ao programa de reabilitação, dependendo da avaliação e das recomendações médicas.

A reabilitação após a cirurgia de “SÍNDROME DO TÚNEL DO CARPO”, por meio de exercícios específicos e cuidados adequados, ajuda a restaurar a força, a mobilidade e a função da mão e do punho. Ao seguir as orientações médicas, é possível obter uma recuperação bem-sucedida e um retorno às atividades diárias normais.

Esperamos que o conteúdo de hoje tenha te ajudado. Não deixe de entrar em contato para agendar um horário com o Dr. Diego!

Leia também:

Recuperação após a Cirurgia de Mão: o que esperar?

Cirurgia de Mão: o que é e quando é necessária?

Este post foi útil?

Clique nas estrelas

Média / 5. Votos

Seja o primeiro a avaliar este post.