Tendinite de Quervain: causas, sintomas e tratamento cirúrgico

A Tendinite de Quervain é uma condição dolorosa que afeta a região do polegar e do punho, sendo causada pela inflamação dos tendões que controlam o movimento do polegar. Os sintomas incluem dor, inchaço e dificuldade de movimento, necessitando de um diagnóstico preciso para identificar a condição. Continue sua leitura e saiba mais sobre o tratamento desse problema!

Tendinite de Quervain: causas, sintomas e tratamento cirúrgico

O que é a Tendinite de Quervain e quais as suas causas?

A tendinite de Quervain é uma condição dolorosa que ocorre na região do polegar e do punho. Ela surge quando os tendões que conectam os músculos do polegar com o punho se tornam inflamados. Isso pode levar a dor, inchaço e dificuldade de movimento na área afetada.

As causas exatas da tendinite de Quervain não são completamente compreendidas, mas alguns fatores de risco podem contribuir para o seu desenvolvimento. Esses fatores incluem: 

  • repetição excessiva de movimentos que envolvem a área afetada, como movimentos repetitivos da mão e do polegar;
  • realização de atividades que envolvem torção do punho.

Além disso, pessoas que têm determinadas condições médicas, como artrite reumatoide, podem ter maior probabilidade de desenvolver tendinite de Quervain. Outros fatores, como idade, sexo feminino, gravidez e obesidade, também podem aumentar o risco de desenvolvimento dessa condição.

Embora as causas da Tendinite de Quervain não sejam conhecidas, a prevenção pode ser alcançada por meio da adoção de medidas de segurança no trabalho, descanso adequado e a realização de exercícios de fortalecimento da mão e do punho.

Quais são os sintomas da Tendinite de Quervain?

Alguns dos principais sintomas da tendinite de Quervain incluem:

  • Dor: A dor é o sintoma mais comum da tendinite de Quervain. Ela geralmente é sentida na região do polegar e do punho e pode ser aguda ou latejante. Essa dor pode piorar ao realizar atividades que envolvem movimentos repetitivos do polegar e do punho;
  • Inchaço: A tendinite de Quervain pode causar inchaço na área afetada, o que pode levar a uma sensação de aperto e desconforto;
  • Dificuldade de movimento: A inflamação dos tendões na região do polegar e do punho pode levar a dificuldade de movimento. Isso dificulta a realização de atividades diárias, como segurar objetos ou apertar as mãos;
  • Sensibilidade ao toque: A área afetada pode ficar sensível ao toque e pode ser dolorosa quando pressionada;
  • Ruídos ou estalos: Em alguns casos, a tendinite de Quervain pode causar um som de clique ou estalo quando o polegar é movido.

Esses sintomas podem variar de leves a graves e podem afetar a qualidade de vida das pessoas. É importante consultar um médico se você tiver algum desses sinais e suspeitar que pode ter tendinite de Quervain.

Como é o tratamento da Tendinite de Quervain?

Existem vários tipos de tratamentos para a tendinite de Quervain, que dependem da gravidade da condição e do estágio em que se encontra. Algumas das opções incluem:

Repouso e imobilização 

Em casos leves de tendinite de Quervain, o repouso e a imobilização podem ajudar a reduzir a inflamação e a dor. Isso pode ser alcançado por meio do uso de uma tala para imobilizar o punho e o polegar afetados.

Medicamentos anti-inflamatórios 

Medicamentos anti-inflamatórios, como o ibuprofeno, podem ajudar a aliviar a dor e a inflamação associadas à tendinite de Quervain. Esses remédios devem ser prescritos por um médico para garantir a segurança do paciente.

Fisioterapia

A fisioterapia pode ajudar a fortalecer a musculatura da mão e do punho, melhorando a mobilidade e prevenindo o agravamento da tendinite de Quervain.

Injeção de corticosteroides

Em alguns casos, o médico pode recomendar uma injeção de corticosteroides diretamente na área afetada. Isso pode ajudar a reduzir a inflamação e a dor.

Cirurgia

Em casos graves e persistentes, a cirurgia pode ser necessária. Durante a operação, os tendões inflamados são liberados, permitindo que o polegar e o punho se movam livremente. A cirurgia é geralmente realizada em regime ambulatorial e o paciente pode retomar suas atividades diárias em alguns dias.

É importante consultar um médico para determinar o melhor curso de tratamento para a tendinite de Quervain. O cuidado adequado pode ajudar a aliviar os sintomas e prevenir o agravamento da condição.

A tendinite de Quervain pode afetar a qualidade de vida das pessoas, tornando difícil realizar atividades diárias. É importante procurar tratamento o mais cedo possível se você suspeitar dessa condição, para garantir uma recuperação mais rápida e um tratamento mais simples. 

Esperamos que o conteúdo de hoje tenha ajudado. Se você se identificou com os sintomas descritos aqui, não deixe de entrar em contato para agendar um horário! O Dr. Diego é especialista no tratamento de problemas de mão e pode te acompanhar desde as medidas conservadoras até a cirurgia, se necessário.

Este post foi útil?

Clique nas estrelas

Média / 5. Votos

Seja o primeiro a avaliar este post.